http://www.ibiubi.com.br/produtos/elton-john-night-e-day-%28concert-live%29-%28lacrado%29+m%C3%BAsica+m%C3%BAsica+rock-internacional-cantores/mercado-livre/IUID12057280/

 

 

DVD raro, original e lacrado de um dos mais respeitados e carismáticos ídolos da música pop mundial: Sir. Elton John. Destaque para as faixas “I´m Still Standing”, “Saturday Night´s All Right For Fighting” e o medley “Blue Eyes/I Guess That´s Why They Call It The Blues”. FAIXAS 1. Abertura 2. Sorry Seems To Be The Hardest Word 3. Blue Yes / I Guess That’s Why They Call It The Blues 4. Kiss The Bride 5. Too Low For Zero 6. I´m Still Standing 7. Your Song 8. Saturday Night´s All Right For Fighting 9. Goodbye Yellow Brick Road 10. Crocodile Rock 11. Medley (Whole Lot Of Shakin´Goin´On / I Saw Her Standing There / Twist And Shout) 12. Créditos FInais Frete: envio por carta registrada ao custo de R$ 12,00 para qualquer lugar do Brasil. Depósito somente no Banco Real ou no Banco do Brasil.<

 

 

 

 

 

Elton John é o primeiro gay a ser indicado em concurso de ‘pai famoso do ano

 

 

 

Reprodução/Bauer Griffin
Elton John e o filho Zachary

O cantor Elton John e seu parceiro, David Furnish, são os primeiros pais gays a serem indicados para receber o título de “Pai Famoso do Ano”, em uma eleição promovida na Inglaterra. O primeiro filho do casal, o menino Zachary, nasceu no Natal de 2010, via barriga de aluguel.

 

Os outros indicados são os jogadores de futebol Wayne Rooney, David Beckham, o cantor Gary Barlow, vocalista do Take That, o apresentador de TV Peter Andre e Jonathan Ross. O concurdo é promovido por uma rede de hoteis e é o público quem escolhe o vencedor.

 

A votação corre na internet e o resultado sai no dia 19 de junho, no Dia dos Pais inglês.

 

 

 

 

RÚSSIA: Dezenas detidos em pride LGBT não autorizado (atualizado 17:31)

http://portugalgay.pt/news/280511A/rssia:_dezenas_detidos_em_pride_lgbt_no_autorizado_atualizado_17:31

 

Sábado, 28 Maio 2011 11:51 (10:51Z)
Actualizado há 22 horas.

 

 

RÚSSIAVárias pessoas foram detidas hoje no centro de Moscovo durante a tentativa de realizar uma marcha do orgulho LGBT que não foi autorizada pela cidade.

 

A polícia isolou a área onde os manifestantes se tinham reunido e deteve sete pessoas, segundo fontes oficiais.

 

Antes das detenções algumas pessoas manifestaram-se na entrada da Praça Vermelha com cartazes com temas como “Liberdade”, “Rússia sem homofóbicos” e “Rússia não é Irão”.

 

A manifestação foi brutalmente terminada por um ataque de ultranacionalistas e fundamentalistas cristãos. Os cristãos usavam a cruz ortodoxa e um deles rasgou uma foto de Elton John. Enquanto era detido declarou que “Deus arrasou com Sodoma e Gomorra e vai arrasar Moscovo se nós deixarmos que coisas como estas aconteçam”.

 

Entre os detidos do lado da manifestação LGBT estão conhecidos ativistas do movimento a nível mundial como o norte-americano Dan Choi, o britânico Peter Tatchell e o francês Louis-George Tin.

 

Desde 2006 que os ativistas russos tentam realizar uma marcha do orgulho LGBT na capital. As autoridades têm recusado sempre a sua realização e, no final do ano passado, o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou a cidade por esta atitude. Mas a câmara municipal ignorou a decisão e não autorizou a manifestação este ano.

 

Atualização 17:31

 

Segundo fontes policiais citadas pela Associated Press foram detidos um total de 18 ativistas LGBT e 14 contra-manifestantes.

 

Entretanto os manifestantes estrangeiros Dan Choi, Andy Thayer, Louis-Georges Tin e Peter Tatchell foram já libertados pela polícia, os russos não tiveram a mesma sorte.

 

RÚSSIA: Dezenas detidos em pride LGBT não autorizado (atualizado 17:31)