Social Disease

O drama do uso de drogas acompanhou durante décadas a vida de Elton John e seu parceiro Bernie Taupin.

Entretanto não tínhamos como perceber que ambos , ou pelo menos Elton John usava entorpecentes.

Não existe uma foto onde possamos ver ELTON JOHN bebendo, fumando,  nem que seja socialmente.

Enquanto a maioria dos pop stars da década de 70 era pega no aeroporto com drogas (WINGS & MACCARTNEY) isso era fato corriqueiro para os bad boys do rock no mundo.

Duas canções retratavam esse momento na vida de ambos:

SOCIAL DISEASE do álbum GOODBYE YELLOW BRICK ROAD foi uma narrativa com certeza auto-biográfica para Taupin.

“And I get bombed for breakfast in the morning
ESTOU DOPADO PARA O CAFÉ DA MANHÃ

I get bombed for dinner time and tea
DOPADO PARA JANTAR E LANCHAR

I dress in rags, smell a lot, and have a real good time
ME VISTO EM FARRAPOS, CHEIRO UM POUCO, E TENHO HORAS FELIZES

I’m a genuine example of a social disease
SOU UM GENUINO EXEMPLO DE UMA DOENÇA SOCIAL”

O vicio em cocaína poderia ter matado Elton John no apogeu de sua carreira.

A crise , descrita no DVD documentário goodbye Yellow estava fora de controle.

Por sorte nossa (e deles) conseguiram contornar ou SOBREVIVER a esses fatos.

Ao contrário dos BEATLES que bradaram aos 7 ventos que a inspiração de suas maiores músicas vieram do uso de drogas, não acredito que as drogas tivessem algum fator de relevância para as composições de Elton John .

Mesmo que não fossem UNDERGROUND ou vanguardistas as mesmas mesmo após a fase áurea de sua carreira continuaram mantendo, mesmo que não o mesmo sucesso, a mesma fórmula.

Existem algumas canções , de diversos artistas, que contém uma fórmula pré determinada.

Observe “Don´t Let The Sun” e  “Empty Garden” .

Estas não são plágio uma da outra , mas mantém a mesma linha de execução:

Vão em um CRESCENTE até explodirem em seu refrão.

https://i1.wp.com/img.listal.com/image/1896837/600full-elton-john----21-at-33-%5Bvinyl%5D-cover.jpg
Quando Elton lançou 21 at 33 me parece que ele desejou mostrar a todos que não dependia tanto assim das letras de Taupin, que as letras pudessem o influenciar de tal forma que pudessem ser um RUMO para suas composições.

Para a canção , que também retratava o vicio dos dois WHITE LADY, WHITE POWDER Elton procurou usar um ritimo totalmente contrário do que se poderia esperar de uma letra como essa:

“White Lady White Powder (Dama Branca, Pó Branco)

A noite chega numa nuvem fina
Traz uma neblina pra uma multidão acabada
Fiquei com a cara num espelho por vinte e quatro horas
Olhando pra uma linha de pó branco

Loucura muito cara paga a faixa
Já raspei muito do nada do seu saco plástico
Sou um filho-da-puta catatônico que já foi
Tocado demais pelo pó branco.

Ela é um hábito que não posso suportar
Por um motivo que não posso dizer
Estou apaixonado por uma dama branca selvagem
Ela é tão doce quanto todos falam
Pó branco, dama branca
Você é única e sempre igual
Venha até a minha casa, venha
E acerte este garoto de novo.

Ondas de choque num cérebro cansado
Mandam esta dama faminta à minha porta outra vez
Ela é meu abrigo da tempestade quando a chuva cai
Entretenimento do pó branco.

Sinto que estou ressecado e com a língua presa
Os céus enviam um bonde para as crianças andarem
Tenho que escapar enquanto os outros podem morrer
Viajando nas alturas do pó branco.

Ela é um hábito que não posso suportar
Por um motivo que não posso dizer
Estou apaixonado por uma dama branca selvagem
Ela é tão doce quanto todos falam
Pó branco, dama branca
Você é única e sempre igual
Venha até a minha casa, venha
E acerte este garoto de novo.”

Esse álbum parecia, até uma continuação de CAPTAIN FANTASTIC no que se diz respeito a letras biográficas.

TWO ROOMS AT END OF THE WORLD retratava a distância dos dois.. Bernie mandava as letras pelo correio e se falavam pelo telefone… não se viam mais…  ambos em seus quartos … NO FIM DO MUNDO.

MAS NÃO NOS JULGUE PELA DISTÂNCIA
OU PELA DIFERENÇA ENTRE NÓS
TENTE VER TUDO ISSO COM A MENTE ABERTA
POIS ONDE EXISTE UM QUARTO, VOCÊ ENCONTRARÁ OUTRO
DOIS QUARTOS, NO FIM DO MUNDO

“Through a mutual agreement, we got that aching feeling
To look up one another one more time
Tracking down the zip codes
Sealing down those envelopes
Lack of communication on the telephone line

But don’t judge us by distance
Or the difference between us
Try to look at it with an open mind
For where there is one room, you’ll always find another
Two rooms at the end of the world

Well we’ve both ridden the wagon bit the tail off the dragon
Borne our swords like steel knights on the highway
Washing down the dirt roads
Hosing off our dirty clothes
Coming to terms with the times that we couldn’t but we tried

Where there is one room, you’ll always find another
Two rooms at the end of the world

Door to door they would whisper, will they ever get together
Their rooms are different temperatures I’m told
There’s a change in their thinking
And their habits seem uneven
But together the two of them were mining gold”

Nunca houve uma interrupção em sua obra, nem em volume nem em qualidade, apenas certos BURACOS que não podem ser considerados ao meu ver.

Qual o artista que consegue gravar assim, ininterruptamente?

É muito comum um artista ficar 5 anos sem gravar… Elton , entretanto…

Elton e Bernie conseguiram vencer essa árdua batalha e hoje MADUROS estão cada vez melhores em suas profissões.